O Perigo vem de cima!

Mais uma vez o assunto “manutenção” entra em pauta no Brasil. E mais uma vez, infelizmente, em decorrência de um “acidente” com vítimas, fruto de negligência relacionada à manutenção predial. No dia 31/03 o programa “Fantástico” exibiu a Reportagem sobre o Edifício no Rio de Janeiro, onde uma placa se desprendeu da fachada e atingiu uma jovem, ferindo-a gravemente. A Perícia concluiu que o desprendimento se deu devido à ausência de parafusos de fixação na placa, juntamente com a ocorrência de infiltrações na fachada. Além desse Edifício, muitos outros foram verificados nas redondezas também apresentando problemas em fachadas e oferecendo riscos aos transeuntes.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Nos dias de hoje, mesmo com tantos canais de informação, muitos síndicos ainda não tem conhecimento das responsabilidades civil e criminal atribuídas à sua atividade, e acreditam que as ações de limpeza, ou ações corretivas paliativas são o suficiente para a correta conservação e segurança da edificação, muitas vezes encarando a contratação de uma Inspeção Predial como um “gasto desnecessário”. Quando há a consciência do Síndico, muitas vezes o conselho, por desconhecimento, acaba barrando suas corretas ações de manutenção por julgarem menos importantes do que obras de cunho estético, por exemplo.⠀⠀⠀⠀⠀

Diante dessa realidade, é preciso admitir a necessidade de uma conscientização à nível nacional acerca do problema, com fiscalizações mais severas, implantação de Leis Municipais (em Florianópolis e outros municípios o projeto de lei está arquivado há anos), e ações até mesmo por parte dos conselhos e dos próprios profissionais de Engenharia Civil, caso contrário, a população continuará pagando essa conta!

Leave a Comment